Moradores protestam contra morte de suspeitos pela Rota na Zona Sul

admin
Por admin novembro 22, 2016 14:58

Moradores protestam contra morte de suspeitos pela Rota na Zona Sul

Fato aconteceu no último final de semana – veja a matéria publicada no G1

Moradores do Jabaquara entraram em confronto com a Polícia Militar na noite desta sexta-feira (18) por causa da morte de quatro pessoas na noite de quinta-feira (17)  por policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota).
Eles atearam fogo em pneus, colchões e sofás e interditaram a avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, na Zona Sul.

Os policiais foram até o local para apurar uma denúncia de tráfico de drogas por volta das 19h30. Eles dizem que foram recebidos a tiros pelos suspeitos e revidaram.

Os feridos foram levados para o Pronto Socorro do Hospital Municipal Arthur Ribeiro Saboya, mas não resistiram aos ferimentos.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado como tráfico de drogas, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, resistência e homicídio simples decorrente de oposição à intervenção policial e segue em investigação no Departamento de Homicpidiuos e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo relato do boletim de ocorrência, a PM foi recebida a tiros ao apurar denúncia sobre um ponto de refino de drogas na região do Jabaquara, recebida pelo telefone 181. Houve confronto e quatro suspeitos foram baleados.

No local foram apreendidas 12.777 pedras de crack, 2.025 pinos de cocaína, 23 pacotes e quatro tijolos de crack.

Além das drogas, foram apreendidos um liquidificador, uma balança de precisão, quatro celulares, 24 lâminas de estilete, 8 mil pinos vazios e dois revólveres calibre 38 com numeração raspada.

Foi solicitado exame necroscópico, toxicológico, perinecroscópico para os mortos e exame residuográfico para todos os envolvidos na ocorrência.

As armas dos PMs também foram apreendidas para perícia. A Corregedoria da PM acompanha as investigações, como é de praxe em ocorrências desse tipo.

 

 

admin
Por admin novembro 22, 2016 14:58
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Facebook

Empreendedorismo